Golpe do Delivery

O Procon de São Paulo, pretende estudar medidas para proibir o pagamento de produtos comprados via delivery no ato da entrega.

Em menos de 6 meses, o valor divulgado pelo golpe do delivery, sendo apenas na cidade de São Paulo, mensurando o período de Janeiro a Julho de 2021, superou o valor de R$ 1 milhão e meio de reais.

Em virtude do tamanho aumento crescente, se assim vigorar na cidade de São Paulo, logo o projeto tramitará para ser aprovado como lei federal e com teor emergencial em todo o país.

Em resumo, o golpe ocorre conforme as descrições abaixo:

  1. TROCA DE MAQUINETA
    O motoboy ao invés de passar o valor da compra na maquineta do estabelecimento, utiliza uma outra maquineta. Em muitos casos, o estabelecimento nem se atenta no ticket impresso e nem contabiliza a fundo os recebíveis via cartão. Principalmente lojas que ficam nas mãos de gerentes e ou funcionários que em muitos casos, acabam sendo coniventes com a ação, conforme relato dos inquéritos apurados em diversas delegacias.
  2. VALOR ACIMA DA COMPRA
    O motoboy passa cola no visor da maquineta para ficar com aspecto bem embaçado e ou insere uma película de vidro trincada, dando a impressão que o visor está danificado, dificultando assim a visibilidade do valor inserido. Como geralmente as entregas são noturnas, acaba dificultando pela falta de luminosidade e o cliente acaba confiando sem verificar o valor no visor, bem como, o motoboy acaba dando uma desculpa ao imprimir o ticket do comprovante, alegando problema no equipamento. Recentemente a Yamin Brunet, filha da socialite atriz e modelo Luíza Brunet, ao realizar o pagamento do delivery com o valor de compra de R$ 77,00, o motoboy passou o valor de R$ 7.900,00, ou seja, mais de 100 vezes o valor da compra. A vítima foi perceber do golpe dias depois em seu extrato de cartão de crédito.
  3. FILMAGEM DO CARTÃO
    Muitos relatos foram descritos com clonagem do cartão para consumo nos meios digitais (e-commerce) que não necessitam inserir a senha. O motoboy com uma câmera acoplada no capacete, ao segurar o cartão do cliente para passar na maquineta, acaba filmando o cartão frente e verso para depois no vídeo gravado, capturar os dados como nome, número, código de segurança e validade do cartão, realizando de forma fácil dezenas de compras utilizando os dados do cartão do cliente em compras online.
    Os clientes acabam sendo vítimas fáceis, porque acabam confiando no entregador e que em muitos casos, passam a impressão de ´´correria´´ alegando uma demanda grande de entrega para assim, sair do recinto o mais rápido possível e diminuindo a margem do cliente indagar algo suspeito.

As recomendações do Procon para se proteger de golpes durante o delivery de comidas são:

  • Recusar máquinas com o visor quebrado ou que não permitam a leitura dos dados;
  • Conferir o valor da compra e, de preferência, pagar somente no aplicativo;
  • Não passar os seus dados por telefone;
  • Desconfiar caso o entregador informe que é necessário pagar algum valor extra;
  • Não passar o cartão nas mãos do entregador quando perceber que existe uma câmera acoplada ao capacete – mesmo não tendo câmera, o ideal é nunca entregar o cartão;
  • Conferir o extrato do cartão de forma online, logo após a compra, sendo em casos que o entregador alegue problema de impressão da maquineta e ou o envio de comprovante da compra por SMS;

    Em caso de dúvida ou ocorrência diferente, entre em contato com o estabelecimento comercial e o quanto antes, registre a queixa no Procon da sua região bem como na delegacia mais próxima, para que assim, a polícia Civil possa mapear este tipo de golpe.

    Esta matéria foi resumida das seguintes fontes:

https://revistapegn.globo.com/Economia/noticia/2021/07/golpe-de-delivery-sobe-136-e-procon-sp-quer-proibir-pagamento-no-ato-da-entrega.html
https://economia.ig.com.br/2021-07-24/golpe-delivery.html
https://www.bbc.com/portuguese/brasil-57957888

Tags:

Sobre o Autor

Delyver Agência Digital
Delyver Agência Digital

www.delyver.com.br

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


  1. Que bela contribuição, Delyver. Dicas importantes e muito usuais. Parabéns pelo material escrito.